Um dos seriados de maior sucesso desse semestre foi sem dúvida The Crown do Netflix. A história baseia-se na vida da rainha Elisabeth II da Inglaterra e uma das razões para tanto sucesso é o fascínio que a Família real britânica exerce sobre o mundo todo.

Quase todos os lugares onde as cenas de The Crown se passam são pontos turísticos da Inglaterra como Westminster Abbey e Buckingham Palace. Mas alguns, são lugares que apenas conhecemos de ler e ouvir falar quando o assunto são os Windsor. E para que ficarmos só na curiosidade? Hoje eu vou falar sobre Sandringham, que é a propriedade em Norfolk onde a Rainha e sua família passam o Natal.

Sandringham Estate

Vista do interior da propriedade em Sandingham

Logo no primeiro capítulo de The Crown, a família real vai para Sandringham passar o Natal. O Rei ainda é George VI, pai da atual soberana, que gostava tanto desta propriedade que escolheu lá para passar seus últimos dias.

A tradição da família real de passar o Natal nessa propriedade dura até hoje.

Além do casal real, Elisabeth e Philip, os filhos Charles, Andrew, Ann e Edward, seus cônjuges, filhos, e netos, também são convidados os filhos da falecida Princesa Margareth. Mas o convite não se extende a outras pessoas. Os pais de Kate Middleton por exemplo, não participam.

Entrada para a casa, museu e jardins em Sandringham

Os festejos reais começam com a chegada da Rainha e do Príncipe consorte, de trem, alguns dias antes. No dia 23 de dezembro, os convidados chegam numa ordem e horários meticulosamente planejados, para que não haja qualquer atropelo na hora de serem recebidos pelos anfitriões.

Vista panorámica de Sandringham Gardens

Os jardins, com a residência real no fundo

As 4 da tarde do dia 24 é servido o chá e nessa ocasião, a rainha faz pequenos acabamentos na decoração com a ajuda das crianças. Esse ritual é mostrado no seriado, com o Rei colocando o último enfeite na árvore. Após o chá, os presentes se trocam, presentes que nunca são caros, mas sempre bem-humorados.

a sala de chá em Sandringham

Na noite do dia 24 os convidados de reúnem para um jantar de gala do qual só podem se retirar depois que a Rainha sair. No dia seguinte, as coisa começam cedo para a família real. Eles se reúnem cedo para ir à missa às 9 da manhã na Igreja St. Mary Magdalene, construída no século 16. Essa missa é particular para a família e nessa ocasião, a Rainha comunga. Terminada essa missa, eles voltam para a propriedade, trocam de roupa e voltam à igreja para a missa das 11 que é aberta ao público. Todo esse vai e vem é feito a pé, exceto a Rainha que vai de carro. Ainda bem que depois da segunda missa é hora do almoço de Natal!

A igreja de St. Mary Magdalene

A família real na saída da Igreja

A família real britanica voltando a pé

À tarde eles se divertem como qualquer família normal assistindo filmes ou jogando. Também é tradição que os membros da família acompanhem o discurso de Natal que a rainha faz à nação. Finalmente no dia 26, eles saem caçar e nesta ocasião, algumas pessoas de foram podem ser incluídas na lista de convidados. Também neste dia os convidados começam a ir embora.

Elizabeth II de Inglaterra

Sandringham é propriedade particular da rainha, não do Estado. Foi adquirida pela Rainha Victoria para presentear o Príncipe de Gales, futuro Edward VII em 1862. Mais tarde ele e sua esposa, a rainha Alexandra, demoliram esta primeira propriedade e construíram uma nova. O parque, os jardins e o museu são abertos à visitação, assim como a casa. Para quem pensa em fazer uma viagem pelo interior da Inglaterra, esse é lugar bem interessante para se colocar no roteiro.

A princessa Diana, o príncipe Charles e o filho deles

Minha homenagem à Diana! Bons tempos.

Enjoy!

Se você ficou com vontade de saber mais sobre essa propriedade, conferir datas e horários para visitação, clique aqui: www.sandringhamestate.co.uk/visiting-sandringham