Um dia de calor como hoje, eu devería estar escrevendo sobre o Reveillon, mas não me sai da cabeça um dos dias em que mais passei calor na minha vida: estava em Los Angeles, a caminho de Las Vegas. Decidimos passar o deserto de carro. A viagem demorou 4:30 horas e, devo dizer, no caminho não tem nada de especial.

Vegas, lá vamos nós!

Vegas, lá vamos nós!

Fontana, São Bernardino.

Fontana, São Bernardino.

Se a imagem tivesse temperatura...49 graus.

Em alguns lugares tem a marcação da Route 66, mas o calor é tamanho que não dá vontade de descer tirar foto.

Só que uma coisa acontece no deserto: você acha que a paisagem vai ser monótona, que deveria ter pego um avião e ido direto, etc, etc, etc… e nada! Nada te prepara para as cores do Mojave.

Postei aqui uma série de fotos para responder a pergunta que sempre fazem: vou de carro ou de avião? Carro, pelo menos uma vez na vida.

Por favor sigam meus conselhos de não deixar para comer na estrada, porque não tem nada que preste, e nem ficar com menos de 1/4 de combustível no tanque, porque ninguém precisa passar pela experiência de parar sem gasolina debaixo de 50º.

Enquanto escrevo esse post estou escutando Desert Rose do Sting e aqui está o vídeo para vocês:

Você tem alguma lembrança de um dia muito quente e quer compartilhar? Mande para mim, vou adorar saber.