Você teria coragem de viajar num navio que fosse a cópia fiel do Titanic?  Eu, para falar a verdade, não.  Mas aparentemente muita gente sim.

Uma réplica do navio afundado em 15 de abril de 1912 está sendo construída na China, a pedido do bilionário australiano Clive Palmer e deverá reproduzir a rota de Southampton, Inglaterra, até Nova York, EUA.

Escadaria usada pela primeira classe


Será uma réplica modernizada com instrumentos de navegação e equipamentos de segurança de última geração.  Mas já ouvimos isso antes, não?  O Titanic era considerado “uniskable“,  inafundável, se é que existe essa palavra.  Eu não arriscaria mas mais de 50.000 pessoas sim.  Esse é o número de pessoas que já estão na lista de espera para a tão esperada viagem.

Café Parisien

Sala de jantar da primeira classe

Sala de jantar da terceira classe


O Titanic II vai ser uma cópia fiel, com pequenos ajustes devido á legislação atual.  Entre esses ajustes, está o número de botes salva-vidas disponíveis em caso de necessidade: serão 18 botes super modernos  com capacidade para atender 2.435 passageiros e 900 tripulantes.  O Titanic original tinha disponibilidade apenas para 36% das pessoas a bordo.

A viagem inaugural está prevista para 2018 e eu desejo boa sorte a quem for.